Melhores suplemetos para ganhar massa

Para a maioria das pessoas, esses suplementos funcionam, mas nem todos podem aumentar a massa muscular com todos os suplementos. Isso ocorre porque todos nós temos uma natureza diferente e nós respondemos de forma diferente aos diferentes tipos de suplementos para aumentar a massa muscular. Apesar destas diferenças, existem 5 tipos que quase inequivocamente podem ajudar ou foram testados como os suplementos alimentares mais eficazes para aumentar a massa muscular:

1. Creatina:

A creatina é uma substância que pode ser produzida pelas nossas células musculares. Aproximadamente 95% da creatina do corpo pode ser encontrada no músculo esquelético, o que resta é distribuído por todo o resto do corpo. Esta substância foi sintetizada pelos laboratórios de suplementos em diferentes formas, com diferentes níveis de absorção. Entre eles estão o Creatine Monohydrate, o Creatine Ethyl-Ester e o Creatine-HCl.

Esta substância é usada para a regulação e produção de energia celular. Estes são alguns dos seus benefícios:

– Promove o tecido muscular esquelético.

– Aumentar o volume das células musculares.

– A recuperação é mais rápida e rápida.

– Aumentar a síntese de glicogênio.

– Aumentar o desempenho de alta intensidade.

Aqueles que mais usam este suplemento são aqueles que querem aumentar a massa muscular esquelética. Os níveis de creatina voltam ao normal depois de parar este suplemento por 3 a 4 semanas. A dose recomendada de creatina para aumentar a massa muscular é de aproximadamente 5-10 gramas por dia.

Os suplementos de creatina mais populares, mais populares e mais eficazes incluem:

2. Beta Alanina

Este é um aminoácido não essencial do corpo que é encontrado em grandes quantidades em alimentos ricos em proteínas, como frango. Este aminoácido tem a capacidade de aumentar os níveis de carnosina nos músculos. Beta alanina aumenta os níveis de carnosina em até 60% em 4 semanas! Os benefícios que obtemos com a alta produção de carnosina é a diminuição na produção de ácido láctico nos músculos, ou a neutralização do referido ácido, retardando assim a fadiga e a insuficiência muscular.

Outros benefícios deste suplemento para aumentar a massa muscular são:

– Maior resistência

– Maior força

– Diminuição da fadiga

– Melhor composição corporal

– Trabalhe em conjunto com creatina para melhorar a força.

A dose recomendada é de cerca de 2-3 gramas antes do treino. Para os mais avançados, um adicional de 2-3 gramas após o treinamento foi mostrado para ser benéfico.

Existem vários suplementos que incluem Beta alanina em suas fórmulas, incluindo:

3. Proteína de soro de leite.

É 100% comprovado que aqueles que treinam podem se beneficiar do consumo de suplementos e shakes ou shakes de proteína de whey. Ele nos fornece uma alta quantidade de proteína, bem como altas concentrações de cálcio, magnésio e outros minerais que podem ser digeridos na forma líquida.

Proteína de soro tomada antes e depois de um treino aumenta a recuperação. Se seu objetivo é ganhar massa muscular ou perder peso, completar sua dieta com um shake ou shake de proteína pode acelerar o processo de ganho de massa muscular e perda de peso. Benefícios elementares:

Facilmente digerido:

Aqueles que treinam com pesos e todos os atletas podem economizar smoothies ou smoothies demorados no final de seus treinos, já que o corpo absorve melhores nutrientes neste momento. Além disso, como esses suplementos contêm muitas vitaminas e minerais que não encontramos em nossa dieta diária, eles se tornam suplementos ideais para qualquer pessoa que tenha uma vida ocupada.

Intolerante à lactose:

Todo mundo que é intolerante à lactose sabe o que fazer ao tentar consumir smoothies diariamente. Muitos suplementos de proteína de soro de leite são feitos em combinação com proteína de ovo, soja e caseína. Isso significa que você não sofrerá os mesmos efeitos de consumir produtos feitos exclusivamente de leite. No entanto, para aqueles que são intolerantes à lactose, é melhor consultar um profissional antes de usar este tipo de suplementos para aumentar a massa muscular ou perder peso.

Melhor recuperação:

No final de uma intensa sessão de treinamento, seu corpo precisa se recuperar. Para fazer isso, você precisa dos nutrientes necessários. A proteína é o elemento essencial do reparo muscular. Quando consumido após um treino, este suplemento para aumentar a massa muscular ativa os mecanismos de recuperação do corpo.

Desligue o seu apetite:

Uma dieta rica em proteínas pode diminuir a fome, facilitando a ingestão de uma dieta de baixa caloria sem sofrer fome. Os suplementos de proteína de soro de leite podem ser usados ​​como substitutos ou como um lanche entre as refeições.

Aminoácidos:

Nossos corpos precisam de uma quantidade substancial de proteína e aminoácidos de qualidade para funcionar. Os suplementos de proteína de soro de leite contêm uma alta concentração de aminoácidos para serem usados ​​na síntese de proteínas e, portanto, aumentam a massa muscular.

Melhore o seu metabolismo:

Comer uma dieta rica em proteínas funciona como combustível. Quando consumido durante o dia, funciona como uma fonte de energia para manter seu metabolismo ativo. Com um metabolismo ativo você queima mais calorias.

Consumir entre 30-40 gramas de proteína de soro de leite em cada serviço. É melhor usá-lo antes e depois do treino, mas também pode substituir uma refeição, se necessário. Tente obter proteínas de outras fontes de alimentos, não apenas desses batidos ou smoothies para aumentar a massa muscular.

4. Aminoácidos de Cadeia Ramificada (BCAAs)

Outro suplemento para aumentar a massa muscular usada pelos levantadores de pesos e fisiculturistas são os aminoácidos de cadeia ramificada para melhorar os resultados. Dos 21 aminoácidos do corpo, três são os da cadeia ramificada: leucina, isoleucina e valina.

Estes são os principais elementos da proteína e se combinam para formar aproximadamente 30% do músculo esquelético no corpo.

O corpo usa aminoácidos de cadeia ramificada para ajudar os músculos a se recuperarem. Como um suplemento de proteína de soro de leite, os aminoácidos de cadeia ramificada transportam melhor transporte de nutrientes para o tecido muscular, permitindo uma melhor recuperação do treinamento. O corpo vai queimar os aminoácidos de cadeia ramificada durante o treinamento, então tomar um suplemento pode restaurar os mesmos nutrientes que são perdidos durante o exercício intenso. Este suplemento também reduz a dor da fadiga muscular e melhora a recuperação metabólica.

Há também evidências no uso de aminoácidos de cadeia ramificada para ajudar a melhorar a resistência através da manutenção de músculos alimentados – algo que é de interesse para os atletas de longa distância (maratonas), natação distância, ou qualquer treino prolongadas .

Dose recomendada: 3-5 gramas ao despertar e 3-5 gramas de pré e pós-treino.

Vários suplementos incluem BCAA’s em suas formulações, especialmente proteínas. Outro suplemento de aminoácidos puros contém boas quantidades de BCAA: Amino Energy da Optimum Nutrition

5. Glutamina

Glutamina é elogiada por sua capacidade de retardar o catabolismo muscular durante o exercício intenso que pode ajudar a força e resistência. Aqueles que treinam com pesos descobrem que podem levantar mais peso por períodos mais longos e treinar com mais frequência. Pressionar os limites dos músculos, naturalmente, inspira o corpo a produzir mais massa muscular para compensar.

A glutamina também tem uma série de outros benefícios associados à sua suplementação:

Preservar o tecido muscular permite que seu corpo queime gordura extra – como o músculo magro é maior, o metabolismo é mais eficaz. Ao treinar para perder peso, o corpo também irá diminuir a massa muscular magra, por isso é importante parar esta perda de massa muscular, algo para o qual a glutamina é muito útil.

Glutamina tem mostrado resultados positivos com a melhoria do sistema imunológico em muitos daqueles que tomam este suplemento. Quando você está sob treinamento intenso, você coloca o estresse não apenas nos músculos, mas também no sistema imunológico. A glutamina restaura não apenas a saúde do tecido muscular, mas alimenta o sistema imunológico, garantindo assim uma recuperação rápida para o corpo como um todo.

A glutamina é citada por sua capacidade de melhorar os níveis de hormônio do crescimento no corpo. Esta é uma grande atração para aqueles que querem se concentrar na construção muscular, uma vez que estudos sugerem que apenas 2 gramas de suplementos de glutamina podem aumentar o hormônio do crescimento.

Os tecidos musculares requerem nitrogênio e os suplementos de glutamina (L-glutamina) são compostos de aproximadamente 20% de nitrogênio, o que o torna um dos melhores fornecedores de nitrogênio para o tecido muscular.

Dose recomendada: 5 gramas ao despertar; 5 gramas após o treino e 5 gramas antes de deitar.

Conclusão

Naturalmente, os resultados sempre podem ser alcançados sem suplementos, mas o processo será sempre mais lento. Meu conselho para você é colocar sua dieta em ordem primeiro. Você ficará surpreso com a forma como seu corpo responderá ao treinamento com pesos quando sua dieta estiver on-line.

Os resultados obtidos com os suplementos variam, especialmente porque cada pessoa terá um treinamento variável, em níveis de intensidade e duração. Se sua dieta estiver on-line e você estiver trabalhando com intensidade ideal, tenho certeza de que esses suplementos ajudarão você a alcançar o próximo nível.

Durante a busca por um suplemento para melhorar um programa de treinamento intensivo e começar a construir músculo rapidamente através da recuperação muscular e nutrição melhorada, então você deve ficar com os 5 principais suplementos para o aumento de: Whey, aminoácidos cadeia ramificada, creatina, glutamina e beta-alanina.